Crochê,  Empreendedorismo,  Feature,  Inspiração

Como fazer suas próprias criações em crochê

Quem assiste meus vídeos no Canal Adorável Rotina no Youtube, já deve ter percebido que estou sempre dizendo: “Usem a criatividade!” – “Criem suas peças!” – “Não tenham medo de dar o seu toque pessoal as peças!”… Tá bom, sei que tá mais pra clichês de auto ajuda, né?!…kkk

Mas enfim, o que quero dizer com tudo isso, é que você não precisa ficar limitada a somente copiar  peças prontas das revistas ou sites e que você pode criar suas próprias receitas. Saiba que é bem mais  fácil  do que você imagina!

Você pode criar padrões simples , complexos, quem sabe até os dois, tudo vai depender do seu objetivo.

Você está a alguns passos de criar a sua própria coleção! Então, respira funda e vamos as dicas!

1. Domine os pontos básicos do crochê

Você não precisa ser um especialista na arte do crochê…Mas você precisa saber os pontos básicos,  mas precisa saber fazer  Nó corrediço, Correntinha, Ponto Baixo, Ponto invisível ou baixíssimo, Ponto Alto e como aumentar e diminuir. Existem uma grande variedade de pontos que podem ser incorporados as suas receitas, mas se souber estes já é um bom começo!

Observe o que cada ponto faz, se for preciso, faça amostras.

Snapshot_11

2 . Siga gráficos, mas evite de reproduzir simplesmente.

Em vez disso, procure entender o mecanismo de cada ponto e sua função na peça. Observando e entendendo  as regras e padrões, você pode substituir  pontos, criar novos formatos.

DSCN0027

3. Aprenda a contar pontos e carreiras, durante e depois de fazê-los

Isso ajudará você a visualizar o que você está fazendo, permitindo que você faça anotações e reproduza seus modelos no futuro.

Untitled

4. Aprenda a medir pontos

Os pontos medem uma certa largura, dependendo do fio, da agulha e da sua técnica. Neste exemplo cada 3 pontos equivale a 1 cm

DSCN2795Você pode estimar e verificar quantos pontos deve fazer. Faça alguns pontos e experimente ou tire as medidas da peça, ajustando se necessário para atingir o tamanho que precisa.

É possível calcular o número de pontos que você precisará para alcançar uma determinada medida ou tamanho. É uma proporção simples: multiplique os pontos por centímetro pela quantidade de centímetros necessária para obter o tamanho desejado de pontos. Isso funciona igualmente com polegadas, desde que você seja consistente com relação à unidade de medida utilizada.

 

 

5. Faça amostras!

Quando aprendi crochê – Naquele tempo não havia internet… tinhamos uma pasta com todas as amostras de pontos possíveis e imagináveis. Com o tempo o hábito de fazer “amostrinhas” se perdeu…

Sempre que tiver tempo sobrando, aproveite as sobrinhas de linhas para fazer amostras, assim você pode experimentar pontos sem medo de errar.

DSCN2678

6. Faça modificações

Pegue modelos que você já testou e experimente com outra linha, use agulha de tamanho diferente,  aumente, diminua, mude o decote, coloque mangas… Reinvente a peça acrescentando ou modificando detalhes.

WP_20150417_003

7. Decida o que gostaria de fazer

O crochê permite muitas possibilidades, você pode criar vestuário, peças utilitárias, decorativas… Encontre o que lhe inspira!

Não tenha medo de criar. Faça um esboço, desenhe a peça que imagine, as vezes, colocar no papel ajuda a ter uma ideia. Faça amostras da peça em escala menor, até que chegue na peça desejada ou tenha outra ideia incrível para por em prática.

20160412_130513

8. Anote tudo durante o processo

Será preciso fazer anotações se quiser compartilhar o padrão que você criou com amigos, na internet ou simplesmente fazer a segunda manga,  um segundo par de meias ou luvas que combine com o primeiro. Elas podem ser simples ou detalhadas, vai da sua preferência, desde que tenham sentido para você quando terminar. Se for preciso, você pode ainda traduzir suas abreviações para que outra pessoa consiga ler.

IMG_20170912_112246

DSCN2797

 

9. Saiba como os padrões de costura se combinam.

O crochê permite que você faça uma peça em um determinado formato, que não precisa ser plano. Ter noção de como os quadros em uma peça de crochê devem ficar dará a você uma ideia do formato no qual devem ser feitas as partes de uma peça como um suéter, por exemplo.

IMG_20171003_141527010

IMG_20171003_183015096_HDR

 

Dê asas a sua imaginação…

Não tenha medo de erra, ouse tentar…tenho certeza que no final você vai ficar com aquele gostinho de “Fui eu que fiz!” ou melhor… “Fui eu quem criou essa peça!”

Então, espero que as dicas sejam úteis e que inspire as suas próximas criações!

Beijos

 

Este post foi inspirado no  Site wikihow.com

 

 

 

 

.

4 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *