Costura e Modelagem,  Curso de Modelagem em Crochê

Como fazer peças em crochê com modelagem

Quando o assunto é vestuário em crochê, para muitas pessoas paralisam só de pensar que “roupas tem modelagem”, ai a primeira dúvida que surge é: Mas para fazer roupas em crochê, eu não preciso  saber modelagem?

E a resposta é, depende!

Depende do tipo de peça que você quer fazer! Um colete, por exemplo, não requer grandes noções de modelagem.

Agora, se for um vestido ou uma blusa, para que tenha um bom caimento, é preciso se atentar para alguns detalhes, como as cavas e decotes e, se quiser, um pouco mais de refinamento a peça, ainda tem que levar em conta o volume dos seios, contorno de cintura e quadril, no caso de vestidos.

Mas, enfim, esses post são para descomplicar o teu crochezinho, então, relaxa, pega linhas e agulhas que, nas próximas aulas, vamos desvendar o incrível mundo da modelagem e crochê.

Algumas referências , deste post, foram retiradas do site da Audaces , que aliás é uma excelente ferramenta para quem quer trabalhar com modelagem,  e partes deste texto foram baseados nas informações da estilista e modelista Thais Beloso

O que é modelagem?

Modelar nada mais é do que desenhar as formas do corpo e da roupa em um papel, utilizando medidas, réguas e lápis.

 

Para o crochê, o que funciona melhor: A técnica da Moulage ou a modelagem Plana?

Na modelagem plana, você cria o molde no papel, com régua e lápis e dá o formato a peça plana.

Já a técnica de Moulage, você  trabalha a partir da modelagem tridimensional realizada diretamente sobre o corpo ou base tridimensional. Isso permite a visualização da peça antes mesmo dela estar confeccionada, ou seja, o estilista pode trabalhar livremente com o tecido sobre o corpo, dando a forma que desejar, observando o caimento do tecido, eliminando de imediato qualquer defeito e determinando seu comprimento, volumes aplicados, texturas e muito mais.

 

Por esses motivos, a técnica de Moulage admite que o estilista possa ser extremamente criativo, uma vez que ela permite um maior controle sobre a criação de formas inusitadas, sendo este um dos fatores que diferenciam a Moulage da modelagem tradicional.

As aplicações da técnica de Moulage são infinitas e podem ser utilizada para criar qualquer peça, desde um vestido de gala até um biquíni, porém é um pouco mais trabalhoso e demorado, por isso para peças muito simples é aconselhado utilizar a modelagem plana, e para as modelagens mais complexas, com volumes e formas inusitadas é indicado a técnica de Moulage, de acordo com a estilista Thais Beloso.

Senac SC

 

Como surgiu a Moulage?

 

Madame Grés em seu Ateliê na Praça Vendôme em Paris, 1938

A técnica de Moulage  foi desenvolvida pela estilista francesa Madeleine Vionnet, na década de 20, a partir das suas  criações usando miniaturas de manequins. Suas peças eram inspiradas nos vestidos gregos, por isso utilizava muitos drapeados e cortes enviesados, o que levava a estilista a solicitar tecidos com o dobro da largura convencional da época. 

Então, de acordo com a história da moda, Madeleine Vionnet e Alix Grés foram as precursoras na utilização dessa técnica. Reza a lenda, que as duas estilistas recorriam aos manequins por não possuírem boa visão espacial.

 

 

 

 

Esse foi o primeiro de muitos post que faremos aqui, sobre o tema “Modelagem em Crochê”, lá no Canal Adorável Rotina, tem vários videos dando dicas e noções básicas para que você comece já a criar suas peças e sair por ai, linda de bonita com os looks que você criou e fez!

E se você  ainda não me segue lá no Instagram, aproveita e segue lá, também, pra não perder nada dessa @AdoravelRotina

Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *